segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Natal é comemoração do Nascimento de Jesus...



Papai Noel à moda da Coca Cola , não representa o que entendendo por espirito do Natal.
Conforme a tradição Cristã , Jesus nasceu em uma Manjedoura em um estabulo...
O nascimento do maior de todos os homens se deu na simplicidade e na pobreza...
Ensinando-nos sobretudo que nosso nascimento espiritual se dá na simplicidade de nossos atos e na manjedoura ou no berço de nossa alma...
Para uns o período natalício representa o comercio das alimentações fartas onde falta estomago para consumir a ceia, e a troca de presentes dos amigos secretos, prefiro ver a positividade de tudo isso, pois essas reuniões familiar aproximam os seres que por necessidade espiritual comunga o mesmo laço familiar.
Uma oportunidade para dar e pedir perdão, uma oportunidade de alforriar nossa alma das magoas que nos prendem ao chão, o perdão transforma a lagarta em borboleta que voa livre pela imensidão...
Mas a grande pergunta é :
Como presentear o aniversariante ?
Ou que presente o verdadeiro aniversariante gostaria ganhar?
Como eu ofereceria uma festa para Jesus?
E segundo o evangelho de Mateus ele teria dito no capitulo 25 vers. 35-40
"Porque tive fome, e destes-me de comer; tive sede, e destes-me de beber; era estrangeiro, e hospedastes-me;
Estava nu, e vestistes-me; adoeci, e visitastes-me; estive na prisão, e foste me ver.
Então os justos lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, e te demos de comer? ou com sede, e te demos de beber?
E quando te vimos estrangeiro, e te hospedamos? ou nu, e te vestimos?
E quando te vimos enfermo, ou na prisão, e fomos ver-te?
E, respondendo o Rei, lhes dirá: Em verdade vos digo que quando o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes."
Essa é uma opção de vida por um Natal de 365 dias...
Essa é uma opção de revolucionar o mundo pelo amor e em nome dele...
Jesus é o simbolo do amor e este amor é caminho, verdade e vida, que é diferente do caminho da religião, é o caminho de encontro com o mais puro e nobre do homem que o conduz a Deus...
O templo do coração ou de nosso mais puro sentimento reside Deus, não no templo de pedra ou mármore...
Jesus nasça na manjedoura de minha alma para que jamais perdamos a simplicidade de nossos atos, o brilho de nosso olhar e a crença que o ser humano tem a capacidade de melhorar e vencer-se...
Que a estrela que conduziu os magos à manjedoura do menino amor, seja vista por nós em cada olhar sofrido em nosso caminho, para que juntos nos descubramos irmãos, que por paternidade divina nos interliga pelo código genético do universo : Amor...
Que o amor seja o sol a iluminar e aquecer as nossas relações, interpessoais...
Feliz Natal.

sábado, 3 de agosto de 2013

A humanidade é desumana ?


Quando o sol bater Quando o sol bater 

Na janela do teu quarto 

Lembra e vê 
Que o caminho é um só. 

Por que esperar se podemos começar tudo de novo 
Agora mesmo 
A humanidade é desumana 
Mas ainda temos chance 
O sol nasce pra todos 
Só não sabe quem não quer. 

Quando o sol bater 
Na janela do teu quarto 
Lembra e vê 
Que o caminho é um só. 

Até bem pouco tempo atrás 
Poderíamos mudar o mundo 
Quem roubou nossa coragem? 
Tudo é dor 
E toda dor vem do desejo 
De não sentirmos dor. 

Quando o sol bater 
Na janela do teu quarto 
Lembra e vê 
Que o caminho é um só.

Link: http://www.vagalume.com.br/legiao-urbana/quando-o-sol-bater-na-janela-do-teu-quarto.html#ixzz2aIT3PcVm


Quando o sol bater na janela do seu quarto é uma linda composição de Renato Russo, lider da Legião Urbana que traduz o pensamento de jovens dos anos  80 e 90, e que se renova em meus filhos e sobrinhos que nasceram nos anos 90 e depois de 2000...
A frase: " A humanidade é desumana", se renovou varias vezes em minha mente, após participar da efetivação de um projeto da Guarda Civil Metropolitana da cidade de São Paulo, chamado "Cante com a Guarda".
O projeto Cante com a Guarda consiste em agregar ao já existente coral da GCM pessoas em situação de rua e vulnerabilidade social.
Durante muito tempo a Guarda atuou como uma força da Cidade na repressão ao comercio ambulante, e as pessoas em situação de rua que de alguma maneira incomoda o olhar de alguns, pois enxergam outros seres humanos como lixo, ou sujeira da sociedade, levando estes á se comportarem como agentes higienizadores de uma cidade, ainda hoje persiste essa postura assumida por  alguns Guardas, que deixam de enxergar outros seres humanos, enquanto carregam o lema : "Amiga, protetora e aliada da população"  e que agora descobre, ou reconhece que existe uma população em situação de rua e vulnerabilidade social que lhe cabe proteger, se tornar aliada para conquistar a amizade.
E do outro lado, as pessoas em situação de rua e em vulnerabilidade social, olha  Guarda com o olhar do oprimido que olha para o opressor, o olhar da submissão revoltada, que lhe tira o que lhe resta, para vencer os impositivos da vida e sobreviver as mudanças climáticas da natureza, e a outros seres humanos, isso permite alguns conservarem-se nos instinto primitivos de sobrevivência, tornando os nômades .
É notório no olhar dos integrantes do Coral que eles aderiram ao projeto com sua alma, e que existe uma parcela que vibra para o sucesso do Projeto, do outro lado das pessoas doridas, é um Projeto que é encarado com desdém, e os que aderem são vistos por outros como traidores.
Mesmo ainda quando é comentado entre algumas pessoas de ONG´s e mesmo entre profissionais da assistência social é visto como esdruxulo , e colocado como impossível, visto com preconceito e promovido a chacota.
E isso nos leva a concluir que:
Parte de nossa humanidade ainda é desumana.
Que precisamos desenvolver projetos sociais para que, seres humanos, reconheça o outro como um outro ser humano.
Que precisamos ainda de leis que defendam minorias, por que ainda nos separamos  e nos isolamos por rotulação de crenças, ou não crenças, times , bairros , cidades países, títulos e responsabilidades.
Enquanto o os titulo reais são : irmão, ser humano e filhos de Deus.
O reconhecimento destes reais títulos dentro de nós, nos promovera evolutivamente pois não precisaremos mais de projetos para aproximar pessoas pois o amor, será o elo de união.
Como espiritas devemos promover e apoiar todo impulso de união entre os filhos de Deus.
Ninguém pode afirmar que é uma tarefa fácil, e por ser difícil não significa que é impossível, mas que deve ser constante.
Foi nítida a decepção de alguns inspetores de ter na aula inaugural apenas seis novos alunos, mas como disse-lhes aos responsáveis  encarem como seis vitorias, e que cada aula será mais luta, e cada luta um garimpo para conquistar, perolas nos corações , e que jamais faltasse estimulo por ter um publico pequeno, mas que se preocupassem com a mudança daquela vida.
Com isso entendemos que precisamos vencer a timidez de nosso agir, para ser agentes da promoção de igualdade, da fraternidade e do amor, pois são tesouros sem preço. 
Que como espiritas devemos criar portas de saída da rua, e não a permanência nelas , é belo dar um alimento para o que tem fome, mais belo ainda é promover possibilidades do individuo conquistar a sua autonomia. sua produtividade e a sua individualidade, para que assim como cada um de nós, levante sua cabeça encha o pulmão de ar e o coração de amor e brinde o mundo com sua vida, na vida do outro.
Promoção Social é a caridade que o espiritismo nos convida fazer.
É possível embora difícil, mas depende de nós...





Para acessar noticias deste projeto acesse:

Globo: http://globotv.globo.com/rede-globo/sptv-1a-edicao/v/musica-ajuda-a-reabilitar-moradores-de-rua-no-centro-de-sp/2729194/
SBT: http://www.sbt.com.br/jornalismo/noticias/33691/GCM-lanca-projeto-de-inclusao-social.html
Blog do Complexo Prates : http://complexoprates.blogspot.com.br/2013/07/cante-com-guarda.html
Facebook do Complexo Prates: https://www.facebook.com/pages/Complexo-Prates/584532628263556


Para refletir um lindo Vídeo de Tim e Vanessa






sexta-feira, 12 de julho de 2013

O endereço de Jesus

41 Então dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos;
Evangelho Segundo Mateus capitulo 25.


Muita gente quando pensa em encontrar Jesus, pensa logo em frequentar ou ir a algum templo religioso onde possa através do louvor,  a oração e da adoração encontrar Jesus, não contestamos, e até consideramos que neste lugar é que deveria sentir sua presença e encontrar o endereço para encontra-lo, dialogar e estabelecer o seu reino aqui na Terra, e não no Céu além das percepções humanas.
O que me marca na passagem de Jesus aqui nesta abençoada escola chamada Terra, não foi o seu sacrifício na cruz, no Gólgota, mas sua vida, onde o amor foi a bussola das relações interpessoais, onde a proposta de vida onde o Amor fosse o Sol na vida de seus seguidores, estimulando e aquecendo os corações, para que este amor dê vida e com abundancia, assim como o sol estimula a vida dos seres vivos.
Na fala de Jesus reproduzida por Mateus vemos a Caridade que é o amor em ação, sendo a balança ou Juiz que chamamos de consciência, a nos aprovar ou reprovar.
Assim sendo o Evangelho de Jesus ou trazido ou interpretado por Jesus, para que nós nos apropriássemos  dele nos remete para fora dos templos de pedra , nos conduz ao templo do coração.
O sublime convite ao evangelho não se restringe a levantar a mão ou dar um passo, ou praticar um rito de iniciação, é um convite para arregaçar as mangas e colocar as mãos na obra do Cristo com o Cristo.
De que forma introjetando o amor em nossas vidas em primeiro lugar ensinando-nos a amarmo-nos, e expandindo este amor de forma altruísta, a principio dentro de nosso lar e depois saindo fora dele e descobrindo todos os seres como irmãos.
Jesus traz uma proposta para uma nova sociedade, não só para uma comunidade religiosa, esta proposta não é de tornar os seres humanos adeptos de uma religião, mas de uma proposta de vida onde pessoas sintam o outro como igual, que considere e respeite o outro como igual.
A Boa Nova diz: : Alimentar a fome, saciar a sede e dar hospedagem, dar uma roupa para quem não tem, visitar criminosos na prisão. Em nenhum momento presenciamos na mensagem de Jesus ou encontramos a recomendação para que julgássemos, ou que nós condenássemos o que fez estas pessoas para que estivesses em posição de auxilio e a disposição e a espera de nosso amor.
Promover isso é assumir a nossa função social.
De que forma assumir a nossa função social?
É fazer dos templos Polos de Educação, Cultura, Lazer, Saúde, onde correntes de afins juntem-se descruze os braços, pois é muito fácil cobrar o governo sentado em nosso sofá.
Dedicar nosso tempo em obras que mudem o meio social onde esta localizado os Templos, para que o templo de amor habite o mundo, pois só assim o reino de nosso Pai vem a nós.
Pois o reino do Pai é amor, pois assim declarou Jesus e narrou João Evangelista no menor e maior versículo da Bíblia ao dizer :
" Deus é amor."
E no amor encontramos Deus. 
Nos encontramos no amor até breve.


quarta-feira, 10 de julho de 2013

Nosso até breve á: Hermínio Correa de Miranda



Foi com surpresa que li o link do Correio Fraterno postado por amigos no Facebook, colocando-nos a par do desencarne de tão valoroso companheiro e colaborador do movimento espirita brasileiro.
Hermínio Correa de Miranda deixa um imenso tesouro para história e para o pensamento espirita, com suas obras de conteúdo impar.
Para todo espirita que não pretende ficar somente na superfície do conhecimento espirita, mas pretende mergulhar no tão vasto assunto chamado mediunidade, é impossuível ignorar Allan Kardec e Hermínio Correa de Miranda.
Hermínio não só releu Kardec, ele utilizou-se dos mesmos métodos, e ao seguir seus passos nos ofereceu livros valiosíssimos que somam a Kardec, de forma que não é mera repetição ou uma diferente interpretação.
Quando nos debruçamos em Diversidades dos Carismas, vemos que Hermínio segue a divisão das faculdades como Kardec expande-o facilitando e dilatando o nosso conhecimento, sobre a percepção e entendimento das faculdades de nossa alma ou os chamados fenômenos anímicos, e nos leva a grande viagem de entendimento a mediunidade.
Embora meus olhos nunca terem cruzados os seus, nem meus ouvidos tenham sido impressionados pelo som de sua voz, minha vida foi permeada pelos seus pensamentos e palavras escritas.
Quantas aulas sobre mediunidade se fundamentaram em Kardec e Herminio, quantas palestras ou respostas em palestras e até nosso artigo "Ser Médium" é nitidade e patente sua influencia, assim como Emmanuel.
Quantos diálogos  travados com Espíritos endurecidos na vingança, seja na Casa Espirita sob a proteção dos benfeitores da instituição ou na residencia de doentes da alma, nossos diálogos se fundamentaram em "Dialogos com as Sombras.".
Quantas vezes recorri em seu livro a "Memória e o Tempo" para explicar e ensinar sobre a memória e sobre o tempo.
Hermínio foi aquele professor que nunca consegui abraçar e olhar em seus olhos e dizer-lhe muito obrigado, pois seu estudo acrescentou e colaborou ao meu estudo, sua vida influenciou positivamente para que influenciasse em outras vidas que conheci e diretamente participei, e assim como você  indiretamente.
Um dia destes este aluno se aproximará da escrita deste professor que admiro e estimo.
Não choro, pois sei que os frutos abençoados que plantou, e que somente agora descobriu o que  plantou, plantou em minha vida, e em muitas vidas e  agora colhe.
Sei que enquanto construo minha singela homenagem de um grato coração, este carinho encontra o seu.
Guardo a certeza que lucido quanto a vida que levou até sua partida, olha a distancia as luzes de nosso grato coração que te admira.
Bem aventurado é, pois semeaste, agora saboreie os frutos oferecidos por gratos corações.
Até breve amigo, irmão!
Receba nosso carinho em forma de gratidão!

sábado, 13 de abril de 2013

Doutrina Espirita 156 anos!

Em 18 de Abril de 1857 chega as livrarias de Paris em França, um livro que repercutiria no mundo inteiro, O livro dos Espíritos.
O livro dos Espíritos, muito mais que pontuar um conhecimento que Allan Kardec chamou de filosofia espiritualista, pois em sua dilatada visão compreendia que essa nova doutrina era o elo para  compreender todas as doutrinas espiritualistas da humanidade, ou seja, oferecia uma compreensão desde a doutrina dos egípcios até a mais nova do momento histórico que era a reforma protestante…
Ligava-se aos conhecimentos já conquistados pela ciência, e acompanha a ciência até os dias de hoje dilatando seus conhecimentos.
O espiritismo é uma doutrina que pode dialogar e somar a todo conhecimento cientifico...
O espiritismo é uma doutrina que tira o véu de mistério de todo entendimento religioso, dilatando interpretando-o, curando a cegueira do que se conceitua em fé, para mostrar-lhe a beleza da vida iluminada pela luz da razão, trás uma nova concepção de fé, a fé que pensa, a fé que sabe, a fé encara a razão face a face em todas a épocas da humanidade.
Indo além disso oferecendo ao homem uma proposta de vida!
Proposta esta que transforma o modo de ver, entender, sentir e viver o mundo, no mundo e para o mundo.
O espiritismo é uma doutrina que rompe com o velho trazendo o novo ao declarar, que a lei de Deus, esta escrita na consciência do homem, libertando o homem de julgamentos externos, de pessoas, convenções, para a liberdade do auto julgamento, da autoresponsabilidade…
Trazendo o conceito de que a paternidade divina não está atrelado ao bairrismo das bandeiras religiosas, ou de grupos de entendimento, mas pelo simples fato de existir, com o espiritismo não existe criaturas, existem filhos de Deus, do átomo ao arcanjo, que se encadeiam na sublime na cadeia do universo.
Oferecendo aos homens o roteiro de amor, como medida das relações humanas.
Aderir ao espiritismo como proposta de vida é assumir o compromisso consigo mesmo de ser hoje, melhor do que ontem, e amanha melhor do que hoje, assumindo uma postura de transformação de nosso mundo interior, para influenciar pelo exemplo de amor, dilatando a visão egoísta e egocentrica para o entendimento de unimultiplicidade , onde o indivíduo torna seu coração ou sentimento a casa do universo.
Esta visão levou a Allan Kardec acreditar que pudessem existir espiritas católicos, espiritas muçulmanos, espiritas judeus , espiritas evangélicos, ou seja, não pensou ou viu jamais o espiritismo como nova religião, mas sim como uma ferramenta ou uma porta de entendimento destas.
Mas os homens viram que esta libertação de consciências, como  um inimigo pois a visão espirita do contato com o sagrado eliminava todas as pontes humanas do homem com Deus, pois a única ponte seria a prece sincera ao seu Pai, destruindo todo sistema social parasitário, destruindo templos de pedra e erguendo no coração dos homens, relembrando Paulo: "Deus não habita em templos feitos pela mão humana"…
Essa proposta otimista de vida, representa alegria...
Não é ficar em busca de explicações em seu passado para justificar quem somos hoje, é uma visão ou sentimento de que posso mudar o meu destino através de uma amorosa postura hoje.
De forma que seja socialmente produtivo, e politicamente ativo, no sentido de agir em beneficio coletivo (que é diferente do modelo de agir que nos acostumamos a ver, em agir em beneficio próprio, ou de uma pequena minoria).
Em 156 anos de espiritismo, esta é a hora de viver esta proposta.
Espiritismo uma opção de entender, sentir e viver, o amor , a fraternidade, paz e louvar o bem!




Foto do amigo Agnaldo Pereira Miguel, Salto de Itiquira-Go

domingo, 7 de abril de 2013

Egoismo miopia da alma


Outro dia em trabalho, um pouco fora do comum, pois aquele dia eu conduzia uma pessoa em situação de rua á um hospital da rede publica em SP, pra exame sobre um possível caso de câncer.
Como é sabido por todos que utilizam o serviço publico de saúde, que é um serviço demorado, pois temos muitos doentes e faltam profissionais para atender, infelizmente é generalizado, já foi pior sabemos, mais poderia ser bem melhor...
Nestes momentos é possível você identificar pessoas culparem as menos ou nada culpadas, pelo seu sofrimento e pela demora no tratamento.
Infelizmente em sua maioria nos hospitais é grande numero de pessoas, na melhor idade de suas vidas, poucos são os jovens, embora existam.
Quando uma jovem mulher de aproximadamente 18 anos começou a reclamar...
Estou aqui desde as 10:30 fui uma das primeiras a chegar e estão chamando só os velhos...
Mas porque não deveria ser assim ?
Aquelas pessoas não tinham chegado nesta existência primeiro que ela?
Eu preciso trabalhar, e eles não, dizia ela...
Mas eles não teriam cumprido sua cota de trabalho nesta existência  muito antes dela entender a necessidade do trabalho?
E ela estava com fome, tinha que sair correndo para almoçar, chegar em casa,  trabalhar parte da tarde e estudar...
Olhei para pessoa que eu conduzia, e via seus olhos, olhando para os lados, como quem tentasse não ouvir as reclamações, e levantou para tomar água...
E comigo uma pessoas, que não sei se tinha tomado café, que naquele dia, e assim como eu não tinha nenhuma perspectiva de almoço.
Não sei se ele jantaria...
Mas sei que ele iria deitar em seu barraco, em baixo de um dos viadutos da radial leste, onde as paredes eram de paletes coberto com plastico, eram, pois no dia seguinte a Guarda Civil Metropolitana junto com a Limpeza publica levou, e ele reconstruiu com outras madeiras...
É muito difícil ver a realidade dos outros, quando só conseguimos ver a nós mesmos... 
Quando não atentamos para o nosso próximo, perdemos a chance de encontrar um irmão.
Almoçar é uma benção, tantos queriam...
Ir para casa, seja ela própria ou alugada, milhares querem!
Ir para escola estudar sorrir e ter amigos, outros milhares sonham...
E um colchão aconchegante e quentinho, em um lar e com uma família...
Em nenhum momento quero dizer que se um não tem, o outro não tem que ter.
O ideal era que todos usemos dos mesmos direitos, das mesmas possibilidades, e vivêssemos em nossos lares, mas não devemos nos conformarmos que eu tenha e outros não tenham, com pequenas atitudes podemos mudar o mundo, a atitude de votar, a atitude cobrar os políticos e a atitude de agirmos, como cristãos com ações sociais e coletivas, para o bem comum, através da agremiação que eu frequento,  posso criar cursos profissionalizantes, podemos ser voluntários...
Toda e qualquer atitude negativa pode ser transformada em positiva...
O egoismo para que o vençamos é necessário transforma-lo em altruísmo...
Quando o altruísmo entra em nossa vida é como se em nossa vista fosse colocado um óculos, que desembaça a nossa visão da vida, e das pessoas, e do mundo, mostrando como elas são...
Enquanto olhamos a vida com egoismo só conseguimos enxergar as coisas quando estão perto de nós...
É onde as provas financeiras da vida parecem caminhar em ciclos, hora estamos bem hora estamos mal, embora um numero reduzido de pessoas, financeiramente nada sofrem em uma rápida existência ...
Ver o mundo de ponto de vista fraterno isenta-nos do sofrimento, pois sempre estamos próximos de nossos próximos...
Antes de achar-se o mais injustiçado do mundo, olhe ao seu lado...

sexta-feira, 29 de março de 2013

Ceiando com Jesus na Sexta Feira


Um dia incrível...
Por ocasião do trabalho junto à população em situação de Rua em SP, (20.000) fomos prestigiar a homenagem a paixão de cristo por diversos espaços de acolhida a este povo...
Tive a oportunidade de participar de minha primeira procissão nesta existência...
Nos reunimos em frente à estação Julio Prestes - Estação da Luz em SP.
E musicas cristã tornavam vivo seu significado no olhar de pessoas simples...
Caminhávamos ao lado de Padre Julio Lancelot e do Cardeal Dom Odilo Scherer!
Mas irresistível e incontrolável emoção foi quando caminhamos pela Rua Triunfo, onde quem triunfa é a droga chamada CRACK...
É caminhávamos por uma das ruas da chamada cracolandia...
Pessoas alheias a si mesmas, e a nós...
Meus olhos inundaram por um incontido e curto trajeto...
Porque aqueles olhos alheio e assustados eram de irmãos meus, seus, e orava por suas mães, seus pais suas famílias.
E pedia a Deus...
Caminhava e uma cruz com nomes comuns de alguns artistas de rua que se viam nela...
A cruz de Jesus imposta por quem não o compreendia, o julgava-o e o condenava, e o infligia o suplicio, é também a cruz deles, quando o não os compreendermos   e classificamos morador de rua, como cachaceiro, nóia e vagabundo, esquecidos que única classificação que devemos dar-lhes  é : Irmãos...
Via a distancia as procissões do dia de hoje, e nunca animei-me em participar de nenhuma delas...
Pois nunca meu coração me convidou...
Via orações decoradas e conhecidas, A oração Dominical e todas do credo católico...
Mas meu coração sentia uma gritante diferença, e acho que o de Dom Odilo também, quando o microfone caia em suas mãos era uma prece espontânea que brotava de sua boca, e mesmo por trás dos óculos escuros que ele e Padre Julio usavam, suas faces denotavam a emoção...
Cheguei lembrar Franco Zefirelli em Irmão Sol e Irmã Lua a descrever o encontro de Francisco de Assis com o Papa, onde esposo da irmã pobreza leva o Papa ao êxtase, assim era a impressão que aquelas pessoas causavam a Dom Odilo...
Na ultima apresentação, que foi forte para os que estão acostumados a ir e vir, para suas casas sem ser revistado ou interrogado pelas forças policiais, mas um pálida representação para aqueles que sentem esta abordagem, um dia sim e o outro também...
Lembrei-me da Caravana de Natal, organizada pelo Ceje João O Evangelista na capital cearense, e sentia a espiritualidade ativa e pulsante...
Pois encontravam-se pessoas da Igreja Batista que chamavam a Cracolandia de Cristalândia por ser a seara do cristo aguardando nós ceifeiros...
Não se falava em disputas religiosas...
Em determinado momento apresentei-me ao Padre Julio Lanceloti como Espírita e Blogueiro Espírita, perguntando-o se posteriormente poderíamos conversar ele abriu um sorriso e disse claro que sim...
No momento do lanche servido, ele olhava o Povo Sentado nas calçadas do Parque da Luz, ele se diria a mim tentando conter as lagrimas e dizia-me:
Olha como isso é lindo...
Eu lembrava de Jesus no monte cantando a mais sublime canção de toda a Humanidade...
Bem Aventurado os Pobres de Espírito ( os Simples) pois deles é o reino dos céus.
Bem Aventurado os que choram, porque serão consolados.
Bem Aventurado os mansos porque herdarão a Terra.
Bem Aventurado os Misericordiosos, porque alcançarão misericórdia.
Bem Aventurado os limpos de coração, porque verão a Deus.
Bem Aventurado os que sofrem perseguição por amor a justiça, porque deles é o reino dos céus.
Assim alimentado pelo sabor do amor que emanava de corações sofridos, meu almoço de páscoa..
Lembrava do pão e do peixe multiplicado por Jesus, enquanto degustava um abençoado pão com queijo e presunto com suco de laranja.
Eis a ceia com Jesus multiplicado as centenas na calçada do Parque da Luz...

domingo, 24 de março de 2013

O espiritismo oferece riscos aos transtornos mentais?


Este texto é uma resposta, a um artigo publicado no website : Hypescience de autoria da Farmacêutica Generalista e colaboradora na pesquisa mental Fernanda Marinho, cujo o titulo do referido artigo é: Os riscos do espiritismo para o transtorno mental.
Você que já esta acostumado a ler nosso blog, sabe que uso sempre que possível exemplos reais e práticos,  sempre fundamentando a nossa argumentação em conceitos doutrinários.
Todo estudante da doutrina espirita e da mediunidade sabe que alguns transtornos mentais, tem sintomas parecidos, e em alguns casos iguais a mediunidade, e alguns outros são muito parecidos com a obsessão.
Mas todo centro espirita que se fundamenta na razão, não classifica sintomas de obsessão e sintomas de mediunidade,  como obsessão e mediunidade.
Pois sabemos que para tenhamos certeza de influencia espiritual em tal ou qual pessoa é preciso estudo e experimentação.
Que as fichas utilizadas para o auto-controle do passe, como fluido terapia em quase sua totalidade esta inserida a advertência : O Tratamento espiritual não dispensa o tratamento médico.
Que os atuais livros em que existe uma leitura da espirita dos transtornos mentais pela ótica da psicologia espirita, como os livros de Joanna de Angelis, é comum você ler a recomendação de tratar tais transtornos com terapias conjuntas, ou seja, Terapia Psiquiátrica , Terapia Psicológica e Fuido-Terapia, ou Terapia pelo Passe, ou simplesmente o tratamento espiritual.
Então se ocorrer de uma pessoa que chegue a casa espirita, jamais o atendente fraterno, (ou o entrevistador, termo que embora muito usado, não me acostumo falar ou ouvir)  deixará de recomendar a ajuda médica, por mais que o seu interior ele carregue a certeza que o caso de Fulano de Tal é espiritual, ele sabe que como humano pode se enganar, e esse diagnostico cabe a um especialista no assunto…
Assim sendo a preocupação da referida autora não tem eco…
No dia que tomei conhecimento do texto fiz um comentário no referido partindo de minha experiência dentro do lar, com meu irmão que nos deu oportunidade, a mim e aos meus familiares, a conviver durante 30 anos com a esquizofrenia, comentário este que reproduzo logo abaixo, já distante do calor da emoção com que escrevi no dia, por isso o achará um pouco diferente, ou mais inteligível:

Em 1977 meu irmão teve um problema e foi levado exclusivamente a um psiquiatra…
Devido a ouvir o que ninguém ouvia, e ver o que ninguém via,eis o diagnóstico do psiquiatra : Esquisofrenia.
Tratamento:

Internação no Juqueri.
Internação no antigo Prates.
Internação no antigo Pinel.
Internação no Hospital Vera Cruz.
TO - Terapia ocupacional e medicamentosa, eletrochoques…
Desde 1977 foi aumentando o numero de medicamentos, pois ao longo do tempo foi sendo assimilado pelo organismo, levando-o a uma dependência quimica de droga licita mediante a receita de um psiquiatra…
Em 30 anos usou somente os recursos da psquiatria, sem JAMAIS recorrer ao espiritismo…
Em 2007 veio a óbito, sem ter tido cura.
Com perda total de caligrafia que antes de 1977 era linda, tornou-se ininteligivel…
Ficou dependente de psicotrópicos…
Cada vez em dose ascendente…
Lendo seu artigo questiono-me…
Será que se tivesse recorrido ao espiritismo teria havido cura ?
Vendo a vossa profissão : Farmaceutica pergunto-me…
Seu artigo tem como objetivo defender a busca de medicamento ?
Essa busca leva a cura ou a dependencia ?
Se leva não dependencia quem lucra o paciente, ou a industria farmaceutica?
Seria a sua defesa, a defesa do seu patrão e do seu emprego?
As doenças ou transtornos mentais são catalogados pela psiquiatria …
Mas a psiquiatria tem a cura para esses transtornos ?
Existe cura através da ação medicamentosa para a esquisofrenia e outros transtornos mentais?
A psiquiatria somente como foi oferecida ao meu irmão gerou que tipo de controle sobre a doença ?
Será que com espiritismo essa história teria outro final ?


Estes dias lembrava-me deste texto, e de meu comentário, vindo a lembrar-me de um grande amigo meu, respeitado escritor espirita com alguns livros publicados, e inclusive pela Federação Espirita Brasileira, que em conversa de nosso cotidiano narrou-me que na sua juventude sua família tinha o internado, em hospitais psiquiátricos da capital cearense, como esquizofrênico, sendo submetido aos mesmos tratamentos de meu irmão, inclusive na mesma época já que ambos tem idade próxima um do outro.
Só que este amigo ele chegou a uma casa espirita e sua esquizofrenia foi tratada na casa espirita, com passe e desobsessão, em conjunto com o tratamento psiquiátrico, em pouco tempo curou-se , tendo uma vida digna e produtiva, levando-o a uma carreira em um banco de forma brilhante, desenvolveu e exercita a mediunidade de forma excelente, e quando o vimos ele prestar um vestibular em faculdade publica e ser o primeiro colocado entre milhares de concorrentes, amigo este que se me permitir, dou-lhe nome e sobrenome e cito os livros que escreveu…
Olho-o e amo-o como a meu irmão, e sinto-me honrado com suas conquista e com a vitoria sobre si mesmo…
E faço-me sempre que penso, em Jorge e em X…
Pergunto-me será que se meu irmão tivesse sido submetido ao tratamento espirita assim como X, ele estaria ainda encarnado?
Seria independente mental e fisicamente, de forma produtiva e destacada de forma que X ?
Embora sempre nos amamos e admiro sua imensa capacidade de perdoar e de não guardar magoas, admito que gostaria de ve-lo assim como X em uma posição social agradável, já que antes de sua doença minha mãe foi chamada por um gerente do Hotel Hilton, para saber se ela criaria oposição quando ele completasse 18 anos poder trabalhar no Hotel Hilton da Austria…
Em nenhum momento me oponho as conquistas do conhecimento da psiquiatria, dos químicos e farmacêuticos sobre o avanço da medicina, e do uso dos medicamentos.
O que gostaria é que as pessoas de ciência e as próprias casas espiritas, estudassem os casos por elas atendidos,  criando prontuários, documentando-os para que não sejamos alvos de achismos.
Já que respeitamos a posição de muitos deles,  e se o são homens e mulheres de ciência deveriam prestar a atenção, nos casos onde são acompanhados por doutrinas e religiões, para saber se há ou não diferencial entre os casos, para um julgamento isento de preconceito como deve ser toda e qualquer ciência…



domingo, 10 de março de 2013

Os fluidos

No movimento espírita existe muita confusão sobre os fluidos, pois há muita literatura e diversos autores tratando o assunto com nomes diferentes dando a aparência de serem fluidos diferentes, mas na realidade são sinônimos.
Assim como perispírito é para os espíritas, Paulo o nomina de Corpo Espiritual ou da ressurreição, o mesmo que  os egípcios chamam de Ka.

Temos o FLUIDO CÓSMICO UNIVERSAL.

Que para o espiritismo é o principio de toda a matéria existente no universo, esse fluido na primeira metade do século XX ele foi denominado pela Física como Éter, e depois a tese do Éter foi derrubada e no inicio do Século 21 é sabido de alguns físicos levantarem a tese do Glun que seria uma nova forma de entendimento, o Glun significa cola, seria o fluido responsável pela união da matéria.
Sendo assim:

27. Haveria, assim, dois elementos gerais do Universo; a matéria e o espírito?
– Sim, e acima de ambos Deus, o Criador, o pai de todas as coisas. Essas três coisas são o princípio de tudo o que existe, a trindade universal. Mas, ao elemento material é necessário ajuntar o fluido universal, que exerce o papel de intermediário entre o espírito e a matéria propriamente dita, demasiado grosseira para que o espírito possa exercer alguma ação sobre ela. Embora, de certo ponto de vista, se pudesse considerá-lo como elemento material, ele se distingue por propriedades especiais. Se fosse simplesmente matéria, não haveria razão para que o espírito não o fosse também. Ele está colocado entre o espírito e a matéria; é fluido, como a matéria é matéria; susceptível, em suas inumeráveis combinações com esta, e sob a ação do espírito, de produzir infinita variedade de coisas, das quais não conheceis mais do que uma ínfima parte. Esse fluido universal, ou primitivo, ou elemento, sendo o agente de que o espírito se serve, é o princípio sem o qual a matéria permaneceria em perpétuo estado de dispersão e não adquiriria jamais as propriedades que a gravidade

-27a. Seria esse fluido o que designamos por eletricidade?
Dissemos que ele é suscetível de inumeráveis combinações. que chamais fluido elétrico, fluido magnético são modificações do fluido universal, que é, propriamente falado, uma matéria mais perfeita, mais sutil, que se pode considerar como independente.

29. A ponderabilidade é atributo essencial da matéria?
– Da matéria como a entendeis, sim; mas não da matéria considerada como fluido universal. A matéria etérea e sutil que forma esse fluido é imponderável para vós, mas nem por isso deixa de ser : o princípio da vossa matéria ponderável.

A ponderabilidade é uma propriedade relativa. Fora das esferas de atração dos mundos, não há peso, da mesma maneira que não há alto nem baixo.


30. A matéria é formada de um só ou de muitos elementos?
– De um só elemento primitivo. Os corpos que considerais como corpos simples não são verdadeiros elementos, mas transformações da matéria primitiva.

Temos assim um fluido primitivo e de que suas modificações temos os Fluido Vital e o Fluido chamado de Espiritual que como vemos é uma forma de matéria. 

33. A mesma matéria elementar é susceptível de passar por todas as modificações e adquirir todas as propriedades?
– Sim, e é isso que deveis entender, quando dizemos que tudo está em tudo. (1)
O oxigênio, o hidrogênio, o azoto, o carbono, e todos os corpos que consideramos simples, não são mais do que modificações de uma substância primitiva. Na impossibilidade, em que nos encontramos ainda, de remontar de outra maneira, que não pelo pensamento, a essa matéria, esses corpos são para nós verdadeiros elementos, e podemos, sem maiores consequências, considerá-los assim até nova ordem.

 Nota de J. Herculano Pires:
1.        Este princípio explica o fenômeno conhecido de todos os magnetizadores, que consiste em se dar, pela vontade, a uma substância qualquer, à água, por exemplo, as mais diversas propriedades: um gosto determinado. e mesmo as qualidades ativas de outras substâncias. Só havendo um elemento primitivo, e as modificações dos diferentes corpos sendo apenas modificações desse elemento, resulta que a mais inofensiva substância tem o mesmo princípio que a mais deletéria. Assim, a água, que é formada de uma parte de oxigênio e duas de hidrogênio, torna-se corrosiva, se duplicarmos a proporção do oxigênio. Uma modificação análoga pode produzir-se pela ação magnética dirigida pela vontade.


FLUIDO VITAL

60. É a mesma a força que une os elementos materiais nos corpos orgânicos e inorgânicos?
– Sim, a lei de atração é a mesma para todos.
61. Há uma diferença entre a matéria dos corpos orgânicos e inorgânicos?
– E sempre a mesma matéria, mas nos corpos orgânicos é animalizada.
62. Qual a causa da animalização da matéria?
– Sua união com o princípio vital.
63. O princípio vital é propriedade de um agente especial, ou apenas da matéria organizada; numa palavra, é um efeito ou uma causa?
– É uma e outra coisa. A vida é um efeito produzido pela ação de um agente sobre a matéria. Esse agente, sem a matéria, não é vida, da mesma forma que a matéria não pode viver sem ele. É ele que dá vida a todos os seres que o absorvem e assimilam.
64. Vimos que o espírito e a matéria são dois elementos constitutivos do Universo. O princípio vital formaria um terceiro?
– E um dos elementos necessários à constituição do Universo, mas tem a sua fonte nas modificações da matéria universal. E um elemento, para vós, como o oxigênio e o hidrogênio, que, entretanto, não são elementos primitivos, pois todos procedem de um mesmo princípio.
64-a. Parece resultar daí que a vitalidade não tem como princípio um agente primitivo distinto, sendo antes uma propriedade especial da matéria universal, devida a certas modificações desta?
– É essa a conseqüência do que dissemos.

1.        O princípio vital reside num dos corpos que conhecemos? 
– Ele tem como fonte o fluido universal; é o que chamais fluido magnético ou fluido elétrico animalizado. É o intermediário, o liame entre o espírito e a matéria.

1.        O princípio vital é o mesmo para todos os seres orgânicos? 
– Sim, modificado segundo as espécies. E ele que lhes dá movimento e atividade, e
os distingue da matéria inerte: pois o movimento da matéria não é a vida; ela recebe esse movimento, não o produz.

67. A vitalidade é um atributo permanente do agente vital, ou somente se desenvolve com o funcionamento dos órgãos?
– Desenvolve-se com o corpo. Não dissemos que esse agente, sem a matéria, não é vida? É necessária a união de ambos para produzir a vida.

67-a. Podemos dizer que a vitalidade permanece latente, quando o agente vital ainda não se uniu ao corpo?
- Sim, é isso.
conjunto dos órgãos constitui uma espécie de mecanismo, impulsionado pela atividade íntima ou princípio vital, que neles existe. O princípio vital é a força motriz dos corpos orgânicos. Ao mesmo tempo em que o agente vital impulsiona os órgãos, a ação destes entretém e desenvolve o agente vital, mais ou menos como o atrito produz o calor.

Podemos em uma pálida comparação dizer que o fluido vital é o semelhante ao que o combustível para o motor que faz com que ponha o carro em movimento, sem o combustível o carro não anda.
Mas para o espirito ele funciona,ele vai além ele além de proporcionar vida aos órgãos do corpo físico ele prende o espirito ao corpo.
Tanto que a morte pelo esgotamento deste fluido se dá porque o corpo não consegue mais manter o espirito preso.
Este fluido pode ser doado, transmitido e ou exteriorizado...
Dado a pesquisa de Mesmer pela cura este fluido foi chamado por ele de fluido magnético,, e a imposição de mãos para a cura e hipnose era chamado de magnetismo. Assim sendo o magnetismo de Mesmer foi o precursor do que os espiritas da atualidade de fluido-terapia ou terapia pelos passes, e o que algumas ciência utilizam chamando de hipnose.
Já Charles Richet ao estudar este fluido chamou-o de ectoplasma...
Então recapitulando, o fluido cósmico universal seria a matéria prima de todo fluido existente no universo, e de toda matéria tangível e intangível do universo...
Ao longo doa anos temos estudado diversos livros de origem mediúnica ou de estudo destes e 
 percebi que sua descrição levava a dois o Fluido Vital e Fluido Espiritual ambos são derivados do fluido cósmico universal.
E se percebemos os Espíritos ensinarem a Allan Kardec e a nós por consequência, que : O fluido cósmico tem a mesma função para o espirito que o fluido vital tem para o perispirito, o de unir, só que enquanto o primeiro une indeterminadamente, o segundo prende por um tempo previsível. 
Percebe o quanto temos ainda que pensar sobre o conteúdo doutrinário?
Sem que fechemos questões com acréscimo de terminologias á doutrina.
O quanto precisamos investigar para basificar nossas teses para que não sejam apressadas?


Bibliografia : Livro dos Espíritos edição FEESP e Tradução de J.Herculano Pires.