terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Espelho.


Muito comum ver em nosso dia a dia, o excesso de propaganda de livro te ensinando a encontrar sua alma gêmea, sua metade , sua outra parte...
Tem quem não acredita em alma gêmea, mais acredita  e anseia o companheiro(a) perfeito(a) , que vai  valorizar dentro do merecimento de cada um...
Gerando uma ânsia e uma busca desenfreada mesmo que inconsciente e mesmo que reprimida, expressando pelo descaso e pela conduta descompromissada, como se isso fosse uma armadura contra, o sentimento.
Ai nosso amado, ao amada, parte e nós ficamos, nos perguntando: porque?
O que eu fiz?
Porque partiu ?
Onde foi que eu errei?
Será que vou encontrar alguém que me ame ?
Vou encontra quem me faça feliz?
Vou te ensinar encontrar essa pessoa essa...
Pare por um momento e pense...
Você vai encontrar alguém.
E se eu te afirmar  que  esse alguém fosse mudar a sua vida e te conduzir a felicidade plena?
Nesse alguém você encontrara tudo que falta a você, te completando...
Sendo-lhe fiel e companheira(o).
Então  prepare-se ...
Arrume-se ...
Está pronto ou pronta?
Vá ao primeiro espelho que encontrar ...
Diga bom dia, boa tarde ou mesmo boa noite...
Apresente-se a esta pessoa que verá no espelho.
Não busque nem o que elogiar ou criticar apenas converse despretensiosamente...
Essa pessoa te conduzira ao melhor de você , levara você a amar-se...
Amando-se descobrira  individualidade, na individualidade a totalidade do ser e terá a felicidade em ti, nada te faltará somente acrescentará.
Como diz o templo de Delfos: Conhece-te a ti mesmo.
Como diz Jesus ama o teu próximo como A TI MESMO.
Pois só dá alguém  que tem em si, algo para dar...
E Jesus recomenda ame, doe amor...
Ame-se.






Peço que se gostou ou não do que leu deixe-nos um comentário, ou mande-nos um email com suas duvidas e criticas, ou sobre o que gostaria de saber sobre a visão kardeciana que dará ferramentas para outro artigo.
Nosso email : ricardo.kardeciano@hotmail.com
Paz e Bem sempre.

6 comentários:

  1. impossivél não gostar de verdades tão confortadoras e profundas...

    ResponderExcluir
  2. é muito difícil quando a gente perde uma pessoa que achava que era sua alma gêmea,isso nos leva pra baixo colocando nossa alto estima no chão.vivenciei isso,sofri com depressão,mais o kardecismo me fez ver que todo aquele sofrimento estava me fazendo muito mal.
    Hj eu tento gostar mais de mim,esse tipo de texto é muito incentivador!
    gostei muito.

    ResponderExcluir
  3. é um exercício diário...necessário para além de sermos felizes conosco, aprender a não julgar ninguém, lembrar sempre do espelho!

    ResponderExcluir
  4. muito bom texto!! uma verdade incontestável !! sempre digo isso quando vejo gente carente demais e se amando de menos..

    ResponderExcluir